ETIAS para Espanha: o que é, quanto custa e como solicitar

Viajar para a Espanha certamente está nos planos de muitos brasileiros. O país tem uma variedade de atrações turísticas e culturais interessantes para todos os tipos de turistas. E, até o momento, brasileiros que viajam para a o país até 90 dias não precisam de visto. Contudo, a partir de 2023 será obrigatório solicitar um ETIAS para a Espanha.

Acompanhe nosso artigo e confira o que é essa nova autorização de viagem, como solicitar e o custo para emitir o ETIAS para a Espanha. Vamos lá?

O que é o ETIAS?

O ETIAS é um sistema de autorização online desenvolvido pela Comissão Europeia para controlar a entrada dos viajantes de determinados países nos países-membros do Espaço Schengen.

Essa autorização deverá ser solicitada pelos cidadãos dos 64 países que, atualmente, não precisam de visto para viajar pela União Europeia por 90 dias em um período de 180 dias.

O ETIAS para a Espanha deverá ser solicitado para viagens com fins de turismo ou negócio, mas também permitirá a visita para Europa por razões médicas e de trânsito.

A partir de 2022, a autorização deverá ser solicitada antes da viagem, por meio de um formulário online e poderá ser emitida em até 72 horas. Com esse novo sistema, os governos europeus poderão avaliar os viajantes antes que eles atravessem as fronteiras dos países.

Dessa forma, problemas como terrorismo e outros tipos de atentados serão identificados e contidos com antecedência.

É necessário ETIAS para Espanha?

Sim, a expectativa é que o ETIAS para Espanha seja obrigatório a partir de 2023. Assim, os estrangeiros com destino ao país deverão solicitar a autorização antes da viagem.

É imporrtante ficar atento porque o ETIAS será exigido pelos agentes da imigração no desembarque e fronteiras espanholas. Caso ela não seja apresentada, a entrada do viajante na Espanha será negada.

Só para Espanha ou para outros países?

Para quem ainda não sabe, o ETIAS deverá ser solicitado para a entrada em todos os 26 países do Espaço Schengen. Portanto, antes de viajar para os seguintes destinos da Europa será necessário emitir o ETIAS:

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Dinamarca;
  • Grécia;
  • Estônia;
  • França;
  • Finlândia;
  • Hungria;
  • Eslovênia ;
  • Espanha;
  • Eslováquia;
  • Holanda ;
  • Malta ;
  • Itália;
  • Islândia;
  • República Tcheca;
  • Letônia;
  • Lituânia;
  • Liechtenstein ;
  • Luxemburgo;
  • Malta;
  • Noruega;
  • Portugal;
  • Polônia;
  • Suíça;
  • Suécia.

solicitar o etias para espanha

Regras de vistos na Espanha

Os brasileiros não precisam solicitar visto para viagens de negócios ou turismo na Espanha durante o período de 90 dias.

Contudo, em 2023, quando o ETIAS para Espanha for obrigatório, será necessário pedir a autorização antes da viagem. Mas existem outras situações nas quais o visto de permanência deve ser solicitado.

Quem deseja morar, trabalhar, estudar ou empreender no país por um período maior que 90 dias precisa emitir um visto no Consulado da Espanha no Brasil.

O processo deve ser realizado com antecedência e é importante que o requerente conheça os tipos e requisitos específicos de cada visto.

Para ajudar, confira abaixo as exigências dos principais vistos para a Espanha.

Visto de estudo

O visto de estudo para Espanha garante o direito de fazer intercâmbios e cursos de graduação e pós por mais de 180 dias.

A principal regra para solicitar esse visto é ter um comprovante de matrícula em uma instituição de ensino espanhola. O requerente também deve ir até o Consulado da Espanha mais próximo de onde ele reside com os demais documentos exigidos para o visto.

Após ser aprovado, é possível morar legalmente no país durante todo o curso.

Visto de trabalho

Quem pretende trabalhar na Espanha também precisa solicitar um visto de trabalho.

Para dar entrada no pedido do visto, o interessado precisa apresentar uma carta ou contrato de trabalho firmado por uma empresa com sede no país.

Além disso, os demais documentos para solicitação do visto deverão estar corretos. Com esse tipo de visto, o estrangeiro pode trabalhar e morar na Espanha durante o período do contrato de trabalho.

Visto de empreendedor

O visto de empreendedor é destinado para estrangeiros que pretendem abrir uma empresa na Espanha. Ele garante que o estrangeiro monte seu próprio negócio e resida legalmente com a família durante o período de funcionamento da empresa.

Dentre vários documentos, o interessado precisa apresentar um plano de negócio ao Consulado. Caso seja aprovado, o visto terá duração inicial de dois anos, podendo ser prorrogado, caso a empresa continue funcionando.

Critérios, requisitos e formulário

O ETIAS para Espanha garante a entrada múltipla na Espanha, sendo que cada viagem deve ter a duração máxima de 90 dias em um prazo de 180 dias.

Nesse período, o portador do ETIAS têm o direito de fazer atividades de turismo ou profissionais, como participar de congressos e visitar parceiros de negócios, por exemplo.

A autorização tem validade de três anos a partir da aprovação ou até a data da validade do passaporte.

Ele deve ser requisitado por cidadãos dos 64 países que não exigem visto para entrar na Europa, sem restrição de idade.

Além de preencher esses requisitos, o solicitante precisará realizar o seguinte procedimento para emitir o ETIAS.

  1. Acesse o site oficial do ETIAS;
  2. Preencha o formulário para emissão do ETIAS;
  3. Pague a taxa de emissão;
  4. Aguarde o resultado da solicitação do ETIAS por e-mail;
  5. Caso seja aprovado, imprima a autorização e leve na sua próxima viagem.

Formulário

O formulário para emitir a autorização será disponibilizado para os viajantes a partir de 2022.

A expectativa é que o solicitante demore apenas 10 minutos para preenchê-lo e o processo seja realizado no site oficial do ETIAS. Veja abaixo algumas informações que serão exigidas:

  • Informações pessoais como nome, sobrenome e data de nascimento;
  • Naturalidade;
  • Endereço;
  • E-mail válido e número de telefone;
  • Escolaridade;
  • Experiência profissional;
  • Questões sobre o histórico médico e de viagem do requerente;
  • Nome do primeiro país que será visitado na Europa.

Caso as informações estejam corretas, o ETIAS será enviado para o e-mail do requerente em até 72 horas. É importante destacar que a autorização pode ser negada pelas autoridades.

Em situações assim, serão solicitados outros documentos e informações entre 96 horas até 4 semanas.

Taxas

Para emitir o ETIAS para Espanha, será necessário para uma taxa de 7 € após preencher o formulário. O pagamento poderá ser feito via cartão de débito ou crédito internacional.

Assim, como você já sabe quanto custa o ETIAS, é importante manter esse saldo na hora de solicitar a autorização.

Haverá isenção da taxa para os requerentes menores de 18 anos. Por isso, crianças e adolescentes não pagam para emitir o ETIAS para Espanha a partir de 2022.

passo a passo de como usar o etias para espanha

Países que exigem o ETIAS

  • Albânia;
  • Argentina;
  • Andorra;
  • Austrália;
  • Antígua e Barbuda;
  • Barbados;
  • Bahamas;
  • Brasil;
  • Bósnia e Herzegovina;
  • Brunei;
  • Canadá;
  • Colômbia;
  • Chile;
  • Costa Rica;
  • Dominica;
  • El Salvador;
  • Granada;
  • Geórgia;
  • Guatemala;
  • Hong Kong;
  • Honduras;
  • Israel;
  • Japão;
  • Kiribati;
  • Macedônia;
  • Macau;
  • Malásia;
  • Ilhas Maurício;
  • México;
  • Ilhas Marshall;
  • Micronésia;
  • Montenegro;
  • Moldávia;
  • Nova Zelândia;
  • Nicarágua;
  • Palau;
  • Paraguai;
  • Panamá;
  • Peru;
  • Saint Kitts e Nevis;
  • Saint Vincent;
  • Saint Lucia;
  • Samoa;
  • Sérvia;
  • Singapura;
  • Seychelles;
  • Coreia do Sul;
  • Ilhas Salomão;
  • Timor Leste;
  • Taiwan;
  • Tonga;
  • Tuvalu;
  • Trindade e Tobago;
  • Ucrânia;
  • Estados Unidos da América;
  • Emirados Árabes Unidos;
  • Vanuatu;
  • Uruguai;
  • Venezuela.

Como viajar com o ETIAS para Espanha?

Quando o ETIAS for aprovado, ainda é preciso seguir outra regra: viajar para o primeiro país informado no formulário. Ou seja, quem informou que a Espanha será o destino inicial da viagem deverá, obrigatoriamente, desembarcar em um aeroporto do país.

Após cumprir com esse requisito, o viajante poderá conhecer os demais países do Estado Schengen, aleatoriamente.

Vale lembrar que caso ele não desembarque no primeiro país informado no formulário, corre o risco de ter sua entrada negada na Europa.

Documentos para entrar na Espanha

Para viajar pela Espanha, é preciso apresentar uma série de documentos ao desembarcar no aeroporto. Geralmente, os agentes de imigração costumam exigir os seguintes comprovantes e documentos dos viajantes:

  • Passaporte válido;
  • Seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros para despesas médicas e hospitalares;
  • Passagem aéreas de volta;
  • Comprovante financeiro na quantia mínima de 68 euros por dia de viagem;
  • Reserva de hospedagem ou carta convite;
  • Visto de permanência – caso seja necessário.

Portanto, agora que você já conhece quais as regras para solicitar o ETIAS para Espanha, não deixe de acompanhar todas as atualizações sobre a nova autorização de viagem para brasileiros.